Pimáx e Pemáx

Determinação das Pressões Inspiratórias e Expiratórias Máximas (Pimáx e Pemáx)

O que é?

A mensuração das pressões máximas consiste em um método simples e não-invasivo muito utilizado para avaliar a capacidade de força dos músculos inspiratórios (Pimáx) e músculos expiratórios (Pemáx), sendo uma importante ferramenta na prática clínica da pneumologia e da fisioterapia.

Essas pressões são obtidas através de um aparelho denominado de manovacuômetro. Para avaliar a pemáx, o paciente é orientado a inspirar o máximo volume de ar e em seguida realizar uma expiração a mais forte possível no bocal do aparelho. E, na medida da pimáx, o indivíduo terá que expirar todo o ar e realizar um esforço inspiratório máximo no aparelho.

São realizadas três mensurações de cada pressão máxima, elegendo o melhor valor obtido. O paciente deverá utilizar um clipe nasal para evitar escape ar durante as manobras.

Para que serve?

Essas pressões são indicadas para avaliar a força dos músculos respiratórios em pacientes saudáveis ou com doenças pulmonares e/ou neuromusculares. Serve também para comparar a função dos músculos respiratórios no pré e pós-operatórios, avaliar a tosse e, consequentemente a capacidade de eliminar secreções de vias aéreas (pemáx).

Com a medida da pimáx e pemáx, o fisioterapeuta elabora um treinamento específico dos músculos, melhorando a força muscular, promovendo uma diminuição significativa da sensação de cansaço no repouso e durante a realização de atividades física após treinamento.

REALIZAÇÃO DOS TESTES:

Pemax

Verificação da PIMÁX: indivíduo sentado, com o tronco em um ângulo de 90º graus com as coxas, braços relaxados na lateral do tronco, e com o nariz ocluído por um clipe nasal. O indivíduo realiza expiração até alcançar o volume residual e, então o avaliador, conecta a peça bucal do manovacuômetro na boca do avaliado que realiza um esforço inspiratório máximo.

Verificação da PEMÁX: indivíduo sentado, onde o avaliado realiza inspiração até alcançar a capacidade pulmonar total e, então, conecta-se a peça bucal do manovacuômetro enquanto o indivíduo realiza uma expiração máxima.

Manuvacuometria

Ambas as manobras também podem ser efetuadas com os indivíduos em decúbito dorsal com o tronco ereto, braços e pernas relaxados, os membros superiores estendidos ao longo do tronco e membros inferiores levemente flexionados com um rolo sob os joelhos, e em decúbito lateral direito e esquerdo, sendo posicionado um travesseiro a baixo da cabeça do paciente para manter o pescoço relaxado e sem curvatura anormal, tronco alinhado com a cabeça, braços relaxados, sendo que aquele que permaneceu em contato com o divã deve estar direcionado a frente e o oposto encontrar-se lateralmente ao tronco, já os membros inferiores são posicionados com leve flexão de joelhos e quadris para que haja maior equilíbrio e um travesseiro entre os joelhos para maior conforto ao
avaliado.

São realizadas 3 (três) repetições em cada variável do teste onde as 3 devem ser aceitáveis (sem vazamentos). De cada manobra anota-se o resultado onde no final da avaliação é considerado o maior valor alcançado para a avaliação. O valor da PIMÁX é expresso em cm de água (cmH²O), precedido por um sinal negativo e o valor da PEMÁX da mesma maneira, porém procedido por um sinal positivo.

Teste Alérgico

O que é ?

O teste alérgico é um exame que informa se o paciente tem ou não alergia.

Como é realizado ?

Teste Cutâneo de Leitura

O médico coloca gotas de solução de alérgenos na face anterior do braço dos pacientes, com suspeita de serem portadores de alergia.

Os alérgenos, são substâncias que quando inaladas provocam crises de rinite (espirro e escorredeira no nariz com coceira intensa e obstrução) e/ou asma.

Com um bastão plástico o médico provoca uma escarificação (leve arranhadura) em cima de cada gota e espera 20 minutos para fazer a leitura do resultado.

Se houver alergia, o local da arranhadura fica inchado e pálido, em torno desse inchaço (pápula) surge uma vermelhidão (eritema). Quanto maior for o inchaço e a vermelhidão mais alérgico é o paciente.

O resultado se faz comparando-se as pápulas e eritemas das gotas dos alérgenos com as de gotas de duas substâncias-teste: a histamina e a solução salina, que são colocadas nos extremos da fileira de gotas dos alérgenos.

A substância-teste histamina forma as maiores e mais intensas pápulas e eritemas e a solução salina não provoca nenhuma reação, pois é como um soro fisiológico.

O maior diâmetro encontrado com relação a histamina corresponde a intensidade de “muito alérgico” e corresponde a 4/++++ (quatro cruzes) de intensidade alérgica.

Imágen_Ácaro_3O que são alérgenos?
São substâncias comuns e inofensivas para o indivíduo não alérgico. Os alérgenos podem ser: ambientais como: fungos, ácaros ( Dermatophagoides pteronissinus, Dermatophagoides farinae e Blomia tropicalis), alimentares (leite de vaca, ovo, soja, trigo, frutos do mar, amendoim), insetos (mosquitos, abelhas, vespas, marimbondos e baratas), pêlos, urina e saliva de cães e gatos, medicamentos (antibióticos, anti-inflamatórios, contrastes radiológicos, hormônios ) e outros.

Quando indicar um Teste Alérgico ?

Quando o paciente tiver história clínica de rinite, asma ou tosse crônica.

2010: Ano do Pulmão

?????????????????????????????????????????????????????????

Órgãos internacionais escolhem 2010 como o ‘ano do pulmão’

Segundo OMS, existem no mundo cerca de 300 milhões de asmáticos.

Sociedades médicas internacionais se organizaram para fazer de 2010 o “ano do pulmão”. O objetivo é difundir informações sobre prevenção e cuidados com a saúde respiratória. No Brasil, a SBPT (Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia), está à frente da agenda e promoverá diversas atividades, campanhas de educação e serviços para a população durante o ano. Continue lendo