Márcia Alcântara: O alvará de Deus

Há, atualmente, uma onda tsunâmica, de pedidos da ajuda de Deus, apelando a Ele por quase tudo: desde a cessação de dor de uma unha encravada, à conquista pelo Brasil da Copa ou a vitória nas últimas eleições

Na Wikipédia, alvará é documento, ou declaração governamental que nos libera a praticar atos, de caráter jurídico, como o alvará de soltura que liberta um preso da cadeia. O desse artigo, é metafórico, originário da Bíblia, pois Deus declarou: “Podes escolher segundo tua vontade, pois te é dado” (Moisés 3:17).

Deus nos deu o que seria nosso livre arbítrio, para nossas escolhas pessoais, sendo assim capazes de nos auto cuidarmos em todos os sentidos. Por que pedir quase tudo a Ele? De problema pessoal ou coletivo, pequenas e grandes dificuldades, passa-se a Deus: “Ponho tudo da vida nas mãos de Deus”. Diz-se comumente.

Se Ele nos deu poderosíssimas ferramentas na criação (Genesis 1): corpo, mente, inteligência e consciência, para vivermos como queiramos, que descubramos e percorramos nossos caminhos, vencendo por nós mesmos todos os obstáculos que surjam ao nosso viver.

Há, atualmente, uma onda tsunâmica, de pedidos da ajuda de Deus, apelando a Ele por quase tudo: desde a cessação de dor de uma unha encravada, à vitória do Brasil na Copa, ou a vencer as últimas eleições, e ao perdê-las, quererem anulá-las, inconformados, a ajoelharem-se nas portas dos quartéis, pedindo a Deus um golpe militar.

Pior ainda, é ter Deus acima de todos, João 3:31: “Quem vem das alturas está acima de todos”, usado e aclamado slogan governamental brasileiro, pelo mandatário do País, promovendo práticas das mais desumanas: permitiu mortes de mais de seiscentos mil brasileiros receitando remédios ineficazes contra a Covid-19, disseminou a doença mortal pela recomendação de não usar máscara, muito menos se vacinar, permitiu destruição maciça da natureza florestal amazônica! Tudo em nome de Deus acima de todos.

Nesse contexto, lesa-se claramente o segundo mandamento de Deus (Êxodo -20:7): “Não tomar o Santo nome de Deus em vão”, sem escrúpulo nenhum, e ainda se dizem crentes em Deus. O ideal é deixar Deus no Seu descanso a fim de conduzir a humanidade por Suas leis e até admitindo as de Darwin usando: do nosso corpo, a força, da mente, o equilíbrio, da inteligência, a cognição e o raciocínio lógico, até nossa consciência.

Não precisamos pedir nada a Deus. Ele já nos deu o alvará para vivermos como queiramos, sem nos escudarmos em Sua Grandeza

Márcia Alcântara
Articulista

Fonte: https://mais.opovo.com.br/jornal/opiniao/2022/12/16/marcia-alcantara-o-alvara-de-deus.html

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.